Review: Fairy Tail – Houou no Miko (A Sacerdotisa da Fênix)

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot21

A história da sacerdotisa da fênix com a guilda barulhenta…

HISTÓRIA

fairy tail movie the maiden of the phoenix

Após ter falhado em uma missão com seus companheiros de guilda, Lucy andava cabisbaixa por Magnolia rumo ao lugar em que habita e acaba se deparando com uma garota chamada Éclair e seu amigo Momon, que estavam desgastados depois de uma longa viagem. Apesar da hostilidade que garota apresenta, Lucy decide acompanhá-la em sua missão que tem relação com uma pedra misteriosa, mas mesmo a própria Éclair não sabe bem do que se trata por conta de uma amnésia parcial que sofre. Durante esta missão, muitos segredos são revelados, inimigos aparecem, laços são formados, e lendas são revividas fazendo a Fairy Tail entrar em cena mais uma vez em prol de uma amiga.

EFEITOS VISUAIS / FOTOGRAFIA

Para quem está acostumado com o mangá e com o animê, vai sentir uma baita diferença nas primeiras cenas do filme quando são apresentados os magos da Fairy Tail. Como se trata de uma arte cinematográfica, não esperava menos que uma excelente animação e até mesmo traços diferentes podendo-se trabalhá-los melhor visto que o orçamento e produção são maiores. Os efeitos estiveram fantásticos do começo ao fim mostrando como realmente deve ser um animê que tem magia em seu enredo, os quadros por segundo foram bem postos dando uma visualização maravilhosa. Eu fiquei surpresa com a animação, talvez este tenha sido o ponto mais forte do filme, principalmente nas últimas cenas que foram surpreendentes. Sorte de quem viu nos cinemas!

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot03

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot08

TRILHA SONORA

A trilha sonora de Fairy Tail é uma das melhores já feitas na história dos animês! Yasuharu Takanashi, responsável por criar essas fantásticas músicas, conseguiu adaptar e deixar ainda mais épico algumas músicas já conhecidas do animê e ainda inovou com outras ajudando não somente as cenas mais divertidas, mas também as mais tristes e o próprio desfecho do filme. As últimas músicas do filme são espetaculares e vemos aqui um mágico folk rock mais perfeito de todos.

A opening ficou por conta do cantor coreano (como tinha coreano colaborando com o filme, prestem atenção nos créditos que vocês verão um monte LOL) Jang Keun Suk com a empolgante música 200 miles fazendo você criar enorme expectativa para o que está por vir, e é só acelerar e não ter medo, correr e correr porque o filme vai começar. A ending melancólica Zutto Kitto ficou sob responsabilidade de Aya Hirano, dubladora da nossa maga celestial, dando um fechamento perfeito ao filme depois da triste última cena. Era como se a voz da Lucy estivesse ecoando livremente transmitindo a nós os seus desejos e tristezas.

fairytail-200miles Movie_Sountrack_Cover Zutto_Kitto_Cover

ENREDO ADAPTADO E SEU DESENVOLVIMENTO

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot071 hora e 26 minutos foram suficientes para emocionar os fãs deste shonen. O storyboard simples criado por Hiro Mashima e bem trabalhado pelo diretor Masaya Fujimori foi extremamente bem executado em todos os sentidos. A trama é de fato simples, sem muitas surpresas e alguns fatos já são até esperados pelo espectador, mas acredito que consiga emocionar os que assistem. As cenas de comédia são um ponto forte do filme, pois são engraçadíssimas, porém, até mesmo as cenas mais tristes são comoventes e as cenas de batalha, talvez o que mais interesse a galera, foram muito boas tendo coreografias simples, mas épicas. Foi um fanservice digno com início, meio e fim; uma história com drama, comédia, ação e aventura, sendo todos os gêneros bem trabalhados; um conto comovente envolvendo magia, nos fazendo questionar seu lado bom e ruim; um enredo onde um sacrifício teve que acontecer e amigos foram deixados de lado, mas mesmo esses, jamais serão esquecidos porque as memórias sempre podem ser revividas… Assim como uma fênix.

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot13

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot12Falando das personagens, Éclair é uma que causa certa má impressão à primeira vista por sua hostilidade, mas aos poucos Lucy consegue mudá-la fazendo isso ter extrema importância no clímax do filme, nos proporcionando uma das cenas mais tristes e emocionantes da animação. A garota pode não ser carismática, mas a sua importância para a trama vai ficando cada vez mais forte durante o filme prendendo a atenção. Aquele clima de amizade característico da obra está presente no filme o tempo todo, só que por incrível que pareça não é nada muito forçado, tudo acontece com naturalidade. Até mesmo os vilões são interessantes, não são sensacionais, longe disso, mas ao menos fizeram nossos queridos magos sofrerem um pouco. O que me chamou atenção foi a aparição de uma verdadeira rival para a Erza, a personagem foi importante tanto para enfraquecer a guilda em certo momento quanto para criar uma das cenas mais engraçadas que envolvem nossa Titania; aliás, Erza tenha tido talvez o papel mais importante do filme, sendo heroína e vilã ao mesmo tempo.

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot17

Quando chegar nessa cena se preparem para rir LOL

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot20

Quando chegar nessa cena se preparem para chorar Ç_Ç

Entretanto, o destaque foi a Lucy. Com isso, acredito que o Mashima deixou bem claro que ela não é uma maga de combate, mas sim de suporte, sendo esta a essência de seu poder que talvez seja o mais poderoso da guilda, porque vem de seus fortes sentimentos. FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot14As outras personagens são também fundamentais, e não poderia deixar de citar o Momon, amigo da Éclair e bichinho de pelúcia que mais fofo não há, e para quem viu o prólogo do filme intitulado Hajimari no Asa vai se emocionar ainda mais com as cenas do pássaro. O que fiquei um pouco chateada foram ter esquecidos de alguns na última batalha do filme, sem contar algumas outras falhas que não interferem em nada a execução do filme, mas que são falhas e elas são características do grande mangaká Hiro Mashima, que sempre esquece de algo ou alguém (LOL).

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Quem é fã de Fairy Tail tem OBRIGAÇÃO de ver este filme, pois tudo o que há de melhor na obra está contida nesta animação. Os fatores técnicos são ótimos e a essência de filme de um clássico battle shonen está aqui de forma simples, característica e emocionante. Para aqueles mais emotivos (como eu), já peço que peguem seus lencinhos porque as últimas cenas são chorantes, e assistam os créditos até o fim porque há uma cena extra muito fofa! Não espere algo extremamente diferente e inovador, não há espaço para isso aqui, porém o filme consegue ter sua proposta alcançada: Ser um fanservice divertido que prende a atenção do espectador fazendo tudo transcorrer sem ver o tempo passar, um tempo que não é perdido porque Fairy Tail é sempre épico e divertido e quase tão imortal como uma fênix.

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot02

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot06

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot09

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot10

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot11

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot15

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot16

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot18

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot19

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot22

FairyTailMovie-Hoou no Miko_Screenshot23

Não esqueçam de curtir nossa página no Facebook!

Anúncios

6 comentários sobre “Review: Fairy Tail – Houou no Miko (A Sacerdotisa da Fênix)

  1. Oi Nany, tudo bem ? Assino em baixo tudo o que vc disse mas eu esperava mais do filme não que ele seja ruim, mas como vc falou nessa ótima review Nany, é um fanservise típico de FT. É um bom filme, é um ótimo entretenimento, ele tem um ritmo bom, esse filme passa rápido até me assustei “já uma hora e meia de duração ?”.
    Em relação a fotografia, eu gosto bastante desse aspecto na A1-Pictures em seus animes, são muito bonitas e bem agradáveis eles fazem muito bem isso, e a animação ao todo faz sua obrigação em um filme, em destaque aos personagens o traço idêntico ao mangá, as movimentações os efeitos que não tinham o circulo mágico exceto nos projeteis de balas achei interessante ( acho que 3/4 da verba do anime é pra fazer os efeitos do circula mágico rsrsr’ ), foi tudo fluido nem parecia que era FT.
    Esse filme tbm tem as melhores piadas da série ( e a melhor de todas a da Erza, como rachei naquela hora ), não foi aquela coisa forçada, parabéns produção ! 😄
    No final das contas é um bom filme, teve um mistério, ligou seus pontos tudo bem simples ele é divertido, já que o anime será “finalizado” não seria melhor a adaptação da obra ser em formato de longa ? ou até em Ova’s, e ai o que vcs acham ?

    • Tudo certo, Weslei. E você?
      Acho que todo mundo esperava mais do filme porque fizeram mo dramalhão divulgando somente aquela cena da Lucy chorando e o Natsu a consolando aí você pensa “FUUUUUUUUUUUUU”, claro que o desfecho foi triste, mas também já era esperado pelo rumo que os eventos estavam tomando. Mas eu curti, é muito divertido, as cenas de comédia estavam fantásticas. O Happy sofrendo no começo voando a la Equipe Rocket por causa da Wendy e o Natsu fazendo churrasquinho dele foi demais, mas nada supera a Erza, QUE MÍTICA AQUELA LUTA DELA! (lol)

      Com relação à animação, esta qualidade cinematográfica estava ótima! Se o animê fosse assim, não iria reclamar nunca mais. A adaptação em forma de longa é legal por conta da qualidade, mas acho que se FT ficasse dependente apenas disso talvez a adaptação não ficasse perfeita, pois seria muito compacta. Acho que para a indústria também não compense ficar só em filmes porque você gasta muito na produção e às vezes não tem um retorno tão legal com as vendas de DVD/bluray, o ideal era o animê continuar com a qualidade de animação do filme, mas isso é um sonho efêmero e utópico Hahahahaha

      • Eu tinha jogado essa pergunta e depois pensei friamente, até concordo com isso e tbm tem a questão do publico alvo, o anime é “censurado” e em filme é outra história. Se o anime tivesse essa qualidade já estaria encomendando os DVDs/Blu-Rays lá do Japão, mas depois de ver o estúdio Ufotable fazer aquela qualidade com Fate/Zero e Kara no Kyoukai… nossa aquilo foi uma exceção absurda.

        • Fato, o animê é muito censurado. Dear Lord, dá até raiva… Mas é bom que Fairy Tail atrai todos os públicos. ^^

          Nossa, se fosse numa qualidade a la Fate/Zero eu surtaria, esses dias cheguei a pesquisar quanto estava o bluray de fate com legendas em Inglês e é quase R$ 700 o box, imagino o quão absurda deve ser essa qualidade. O_O

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s