Impressões de Meio de Temporada – Primavera 2015

MidSeason_Spring2015

O osso da espada vai tremer neste post!

Olá, galera. Tudo bom com vocês? Olha o que voltou a aparecer no blog🙂 Hoje as Impressões de Meio de Temporada estão de volta, mas desta vez para comentar da enorme temporada de Primavera, Spring, Abril ou como queira chamá-la, que possui 52 animês em exibição. Abaixo comentarei a respeito de 17 animês que estou acompanhando, que equivale a somente 33% da temporada, mas ao menos espero que algumas de minhas opiniões possam ajudá-los em muitas coisas.

Antes disso, vocês lembram qual é a proposta deste post? Simples: analisar todas as partes técnicas de um animê observando se este teve altos e baixos até a metade de sua história, além de registrar o que se espera de seu desfecho.

Arslan Senki

TheHeroicLegendOfARSLAN06_001

VAMOS ABRIR O POST COM O ANIMÊ DO CARLÃO! A lenda heróica do príncipe Arslan mostrou um roteiro interessante em seus primeiros episódios abordando inúmeros temas humanos fazendo com que quem assiste reflita cada ação, cada consequência e cada sentimento presente em suas cenas. Não há como saber o desfecho da história ou até mesmo o que esperar de suas personagens, pois em uma guerra tudo pode acontecer e os humanos são imprevisíveis. É extremamente instigante e sem dúvida um dos que tem maior potencial no ano, mas se vai corresponder já é assunto para outra oportunidade. A animação é problemática e o uso de CG constante, principalmente sendo utilizado para desenhar cavalos ou soldados, faz com que o animê perca credibilidade e gera incômodos a quem é mais exigente neste aspecto técnico; também é possível observar que as lutas com espadas são bem simples e é muito mais sentida pelo espectador pelos efeitos de som do que pelo que é exibido, visto que os storyboards são simples. A trilha sonora passa muitas vezes despercebidas, mas é impossível não se apegar à opening ou a ending, e até arriscaria dizer que UVERworld pode voltar a chamar atenção da mídia em geral com sua nova canção Boku no Kotoba de wa nai, Kore wa Bokutachi no Kotoba, além de Eir Aoi ter feito uma de suas melhores músicas na carreira, Lapis Lazuli.

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Noriyuki Abe
Composição de Roteiro: Makoto Uezu
Scripts: Makoto Uezu
Estúdio: LIDEN FILMS
Episódios assistidos: 06/25

Fate/stay night: Unlimited Blade Works 2nd Season

Fate-stay-night-Unlimited-Blade-Works-16_006

A segunda temporada de Fate UBW concorrerá facilmente a melhores animês de 2015, portanto pode-se afirmar que é o melhor título em exibição neste momento. Em termos de adaptação, o estúdio ufotable está entregando além do esperado, surpreendendo leitores da visual novel em alguns momentos ou até mesmo aqueles que somente acompanham o animê. A direção dos episódios agrada muito, pois trabalha muito bem seu enredo e personagens, criando episódios emocionantes e na maioria das vezes com cliffhangers maravilhosos sempre deixando todos na expectativa do próximo episódio. A animação é fantástica, apresentando character design extremamente consistente, cenários atraentes e cenas de ação com bastante fluidez. A trilha sonora aparece nos momentos certos e apesar de achar que a parte musical ainda deve muito, ufotable aproveita as melhores soundtracks da visual novel para serem inseridas na animação deixando as cenas ainda mais fantásticas. Já que citei parte musical, seria absurdo escrever sobre Fate UBW e não elogiar a opening Brave Shine da Aimer ou a ending ring the bell das Kalafina, visto que esta última ainda teve sua versão ~ballad~ em um certo episódio que impactou ainda mais uma certa morte.

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Takahiro Miura
Composição de Roteiro: Kazuharu Sato
Scripts: Kazuharu Sato
Estúdio: ufotable
Episódios assistidos: 07/13

Gunslinger Stratos: The Animation

GunslingerStratos03_005

Péssimo é a palavra que melhor descreve o animê de Gunslinger Stratos. Geralmente adaptações de jogos para animês não são muito boas e os últimos anos insistem em ratificar isto, mas com uma premissa tão interessante que Gunslinger possuía resolvi dar uma chance também porque o nome de Gen Urobuchi estava ali, porém assim como visto na segunda temporada de Psycho-Pass e no animê Aldnoah.Zero, Butcher era apenas o criador e pouco participou do desenvolvimento da história fazendo ela ser tão decepcionante como as obras citadas. Gunslinger tem um enredo interessante sobre um universo sci-fi se desmoronando, enquanto jovens precisam mostrar sua força a fim de consertá-lo guerreando entre si em busca de fontes de energia que podem ser usadas para inúmeros propósitos, inclusive criar armas ou viajar no tempo, mas a narração dos eventos é fraca, não é emocionante e é pouco impactante. As explicações dão sono e as personagens não são nada carismáticas, principalmente o protagonista que está o tempo todo perdido e não sabe o que fazer, o que sentir, como agir. Não há desenvolvimento em nada, mas às vezes se passa a falsa impressão que há por conta de bons cliffhangers, porém o próximo episódio sempre trata de fazer as expectativas descerem ladeira abaixo novamente.  O que dizer da animação então? O character design é simples demais e as lutas que deveriam ser o chamariz da série são fraquíssimas, apenas decepção. A trilha sonora passa despercebida e a única salvação neste quesito é a insert song do episódio seis plegde e o encerramento MIRAI, ambos cantados por GARNiDELiA, mas recomendaria baixar o single neste caso, não assistir o animê. Ok, Nany-chan, já entendi que o animê só desagradou, então por que você continua assistindo? Olha, apesar do animê ser ruim, a ideia inicial de Butcher é atraente me deixando suficientemente curiosa pelo desfecho da série. O mundo vai acabar? Quantas mortes serão necessárias para o protagonista acordar? Será que ele fará algo útil ou continuará sendo esse idiota? Qual o limite das fontes de energia daquele mundo? Como elas serão usadas? Essas respostas só terei ao acompanhar a animação até o final, então lá vou eu.

Avaliação: ★★★★
Diretor: Shinpei Ezaki
Composição de Roteiro: Norimitsu Kaihou
Scripts: Norimitsu Kaihou
Estúdio: A-1 Pictures
Episódios assistidos: 06/12

Hibike! Euphonium

HIbike!Euphonium03_001

Uma das maiores e melhores surpresas da temporada. Para quem esperava algo ao estilo K-ON! foi ainda mais pego de surpresa, pois Hibike! Euphonium mostrou-se um excelente slice of life com ótima execução e personagens carismáticas. A maneira como as personagens se relacionam é envolvente e extremamente conectada com a narrativa musical, fazendo a obra ter seu diferencial e se tornar atraente aos olhos de todos. A comédia pontual em todos os episódios faz o animê ganhar ainda mais créditos, afinal a vida estudantil não é de apenas sofrimento fazendo-se necessário o alívio cômico presente. A animação é excelente, afinal impossível não elogiar KyoAni e como a trilha sonora está totalmente conectada com o plot da história, não poderia deixar de ser um dos mais belos pontos do animê. Falando em beleza, espero que ninguém discorde que Taki-sensei é o best guy de Euphonium assim como Asuka-senpai a best girl.

Avaliação: ★★★★
Diretor: Tatsuya Ishihara
Composição de Roteiro: Jukki Hanada
Scripts: Jukki Hanada
Estúdio: Kyoto Animation
Episódios assistidos: 06/13

Kekkai Sensen 

KekkaiSensen04_005

Melhor da temporada. Sem dúvidas, o melhor animê da temporada. A animação é ótima, a trilha sonora é excelente e  as músicas de jazz compostas por Taisei Iwasaki, além de serem sensacionais por si só, combinam bastante com o animê criando uma ambientalização perfeita. A abertura HELLO, WORLD! da banda BUMP OF CHICKEN é maravilhosa também, mas nada supera um dos melhores encerramentos da temporada, Sugar Song to Bitter Step do grupo UNISON SQUARE GARDEN que se mostrou tão excelente quanto a abertura de Death Parade na temporada passada. Entretanto, Kekkai Sensen é bom por outros motivos, que são aqueles ligados a sua história, que diverte muito porque não é todo dia que você vê uma Nova York maluca daquele jeito e não é todo dia que você vê personagens tão bons quanto ~Leonardo-kun~ e companhia. A interação do protagonista com as demais personagens faz com que o enredo avance de maneira satisfatória e bem dirigida por Rie Matsumoto, criando expectativas que o final corresponda a altura de todos seus episódios até aqui.

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Rie Matsumoto
Composição de Roteiro: Kazunao Furuya
Scripts: Kazunao Furuya
Estúdio: BONES
Episódios assistidos: 06/12

Kyoukai no Rinne 

RINNE02_005

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH CHORANDO QUE MAIS UM MANGÁ DA TIA RUMIKO MINHA ETERNA DEUSA GANHOU ADAPTAÇÃO PRA ANIMÊ! HDKJSAHDKSAHDKJSAHDKSAHDKAJSD RIN-NE É APENAS AMOR! ASSISTAM! ASSISTAM! ASSISTAM! Analisando a obra com seriedade, Rin-ne tem uma proposta simples, divertida e com a marca registrada de Rumiko Takahashi! A comédia leve que guia a obra provavelmente é um dos pontos mais positivos do animê, que serve como um excelente entretenimento; sua união com uma história repleta de referências de contos clássicos japoneses faz tudo ficar ainda melhor. Quem disse que animê não é cultura? Hunf! Com a tia Rumiko sempre aprendemos algo, seja através do enredo de suas obras ou mesmo o que suas personagens ensinam. Falando nelas, muitas personagens ainda irão aparecer ao longo de 25 episódios para fazer Rin-ne ficar ainda melhor, porém aquelas que já tiveram suas aparições são personagens que somente a tia Rumiko poderia criar, todos têm seu carisma próprio. A protagonista Sakura, que é diferente de qualquer protagonista de Takahashi, é uma garota calma, indiferente e muitas vezes fria, provavelmente pelo fato de poder ver espíritos desde cedo, portanto sua interação com Rokudou-kun não poderia ser melhor, visto que ele é exatamente o contrário em termos de personalidade! O desenrolar da narrativa se mostrará lento, mas já é perceptível singelos desenvolvimentos nas personagens, além de sempre estreitarem suas relações de forma tocante. Como leitora do mangá, não poderia estar mais satisfeita e obrigada, direção! OBRIGADA PORQUE VOCÊS FIZEREM MINHA SATSUKI YUKINO DUBLAR A AVÓ DO RINNE E AINDA O KAPPEI YAMAGUCHI COMO PAI DELE ESTÁ PERFEITO! INUYASHA E KAGOME ESTÃO AQUI SIM, GALERA

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Seiki Sugawara
Composição de Roteiro: Michiko Yokote
Scripts: Michiko Yokote
Estúdio: Brain’s Base
Episódios assistidos: 06/25

Mahou Shoujo Lyrical Nanoha ViVid 

MahouShoujoLyricalNanohaVivid03_104

A MAGIA LÍRICA VOLTOU ÀS TELINHAS JAPONESAS AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH DHSJKADHKSAHDSKJDHSKADJHSAKDJASDSAJDHSAKDSAJS O SURTO É LIVRE COM NANOHÃO E CHAMA O SAMU PRA FALAR DISSO AQUI. Bom, apesar de ser uma das pessoas mais surtadas com o assunto é Nanoha, não posso negar que Vivid decepciona em alguns aspectos, principalmente quando se trata de animação. Os character designs são estranhos e praticamente uma cópia descarada do mangá não tendo a marca registrada do desenhista de animação, o que vejo como um grande problema. As mídias são completamente diferentes, então se no mangá a arte funciona e é bem vista, não necessariamente o mesmo ocorrerá em uma animação em que há inúmeros outros fatores para se preocupar, principalmente a movimentação destas personagens. Os olhos gigantes e a escolha de cores atrapalha bastante, fora que muitas vezes o character design se mostra inconsistente e com inúmeras falhas provando que a staff está com alguns problemas e atrasos em sua produção, mas pelo menos todas lutas foram bem animadas até aqui e se continuar assim não teremos o que reclamar, afinal as melhores lutas ainda vão aparecer.  A trilha sonora de Misa Chujo agrada bastante e ela basicamente repete seu trabalho bem feito já visto em Mahou Shoujo Lyrical Nanoha The MOVIE 2nd A’s, pois suas composições combinam bastante com o clima da série. Sobre a história de Vivid, acredito que dividirá o fandom novamente assim como visto em Nanoha StrikerS, alguns vão adorar, enquanto outros vão odiar por inúmeros motivos. O primeiro é porque Vivid é um battle shounen com garotinhas fofas sem um grande vilão para tirar o grupo de protagonistas do sério, então quem não é muito fã deste tipo de história pode acabar se decepcionando. Por outro lado, Vivid pode agradar porque é uma expansão do universo de Nanoha muito bem feita ao procurar abordar as guerras Velkas, além de também vermos um ótimo repeteco de Nanoha e Fate se tornando amigas, mas agora com Vivio e Einhart como protagonistas, apesar de lembrar sempre que a best girl das novas personagens é a Rio flw vlw lol. No mais, o que dizer? Como é bom ver Nanoha voltando a ser exibido na TV, como é bom ver Fate-chan, como é bom ver Nanoha The White Devil e como é bom ver Nana Mizuki e Yukari Tamura dublando novamente as personagens que fizeram suas carreiras de seiyuu alavancarem absurdamente. Apenas surtos. Falando em surtos, não esqueçam que estamos fazendo comentários semanais em parceria com o blog NETOIN!, mas caso queira conferir uma outra opinião visite o Kono-Ai-Setsu, porque independente da sua visita e sua preferência por um dos blogs, vai perceber que os três tem uma coisa em comum quando o assunto é Nanoha: um carinho gigante pela franquia.❤

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Yuuki Itoh
Composição de Roteiro: Naruo Kobayashi
Scripts: Naruo Kobayashi
Estúdio: A-1 Pictures
Episódios assistidos: 07/12

Nagato Yuki-chan no Shoushitsu 

Yuki-chan06_001

Divertido e decepcionante ao mesmo tempo. Yuki-chan funciona muito bem como uma comédia romântica repleta de personagens carismáticos, mas como essas personagens são de Suzumiya Haruhi no Yuutsu, esta adaptação acaba sendo uma afronta para o que a série original representa. As narrativas divergem muito sendo um dos motivos dos quais os fãs de Haruhi podem acabar deixando de lado este spin-off, visto que o obra perde muito em não ter Kyon como narrador dos eventos. Além disso, somente quando Haruhi aparece é que o animê começa de fato a ficar interessante, pois com seu jeito único de ser, as demais personagens se sentem pressionadas e se impõe mais. Indicaria esta animação apenas por nostalgia e se você gosta das personagens da série, principalmente se tem Nagato como sua favorita, pois ela aparece em inúmeras situações inusitadas e por vezes muito fofas, mas jamais espere um desenvolvimento maluco, mas ao mesmo tempo envolvente do qual encontramos na série original. Resumindo: Yuki-chan funciona bem como comédia romântica, mas não como spin-off de Haruhi, ainda mais se formos analisar os aspectos técnicos, pois a mudança de estúdio prova claramente o decaimento na qualidade, ainda mais caso observemos com bastante atenção o character design.

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Junichi Wada
Composição de Roteiro: Touko Machida
Scripts: Touko Machida
Estúdio: Satelight
Episódios assistidos: 06/16

Nisekoi: 

Nisekoi-s2-01_002

Não há muito o que dizer sobre a segunda temporada de Nisekoi. O animê adaptado de um mangá da Shounen Jump de mesmo nome continua mostrando uma comédia romântica bobinha de hárem, mas com personagens extremamente carismáticas proporcionando inúmeras waifu wars no mundo inteiro. Entretanto, a continuação merece destaque porque seus primeiros episódios mostraram um dos melhores arcos do mangá, que é quando temos a aparição da mãe da best girl Chitoge, mas além desta excelente aparição não há dúvidas que a mais aguardada de todas é a irmã mais nova de Kosaki Onodera, que ainda dará muito o que falar. A animação do estúdio SHAFT é excelente, apesar de que Simbo está se controlando bastante para não inserir loucuras, e a trilha sonora é bonitinha e simples combinando muito com o animê. Falando nisso, importante lembrar que teremos o total de oito encerramentos nesta segunda temporada. OITO!!! A opening tem uma animação doidinha e com LiSA nos vocais fazendo tudo ficar perfeito *~*

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Akiyuki Simbo, Naoyuki Tatsuwa
Composição de Roteiro: Akiyuki Simbo, Fuyashi Tou
Scripts: Fuyashi Tou
Estúdio: SHAFT
Episódios assistidos: 06/12

Ore Monogatari!!

OreMonogatari06_001

Tava na cara que este animê seria bom, mas acho que ninguém pensava que seria tão bom assim, nem mesmo quem acompanhava o mangá. Morio Asaka é o cara! Ele dirige bem demais! Quem viu Chihayafuru consegue perceber a mão do diretor em cada storyboard presente na animação, consegue perceber os detalhes minuciosos que enriquecem uma cena, sejam efeitos de cor ou até as expressões das personagens, sem contar os belíssimos cenários presentes. A trilha sonora é mágica, mas o que realmente chama a atenção é a bela história de amor entre Takeo e Yamato, que ainda conta com os irmãos Sunakawa tendo bela participação na maiora dos episódios. É difícil dizer o porquê que Ore Monogatari conquista tanto, mas acredito que a melhor resposta é o conjunto da obra, pois tudo funciona no animê, desde o script até um efeito de som não importante se é uma cena dramática ou uma comédia pontual. Tudo funciona e por isso que é um dos melhores e mais indicados da temporada. Por isso também que já posso afirmar que será um dos melhores animês de romance do ano. Assista porque a glicose é infinita e porque todos nós merecemos viver uma boa história de amor.

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Morio Asaka
Composição de Roteiro: Natsuko Takahashi
Scripts: Natsuko Takahashi
Estúdio: MADHOUSE
Episódios assistidos: 06/24

Owari no Seraph

OwarinoSeraphOP

Fraco. O primeiro episódio foi bonzinho, mas depois a obra mostrou-se dentro de uma narrativa extremamente arrastada em que as personagens também não ajudam, pois em sua maioria são crianças chatas que não tem uma motivação além da vingança. Seraph me parece ser aquela adaptação mal feita que não consegue transmitir em 100% a ideia original do autor do mangá fazendo com que as cenas em que mais devíamos nos apegar ao enredo sejam sem emoção ou simplesmente tratadas da mesma maneira como qualquer outra cena. A animação é mediana e diversas vezes é possível ver usos desnecessários de CG, mas o que mais decepciona é a trilha sonora de Hiroyuki Sawano que não possui músicas instrumentais empolgantes tão pouco músicas com seu grupo de vocais divinos. Saudades OST de Shingeki no Kyojin ou Kill la Kill, mas recomendo procurar pelo single com a opening e ending do animê porque ambas as músicas que tem a participação de Sawano são ótimas. Por fim, não sei o que esperar de Seraph daqui pra frente, pode ficar bom porque as partes introdutórias acabarão ou pode continuar mediano tendo sua melhor parte adaptada somente em outubro, pois o animê é split cour.

Avaliação: ★★★★
Diretor: Daisuke Tokudo
Composição de Roteiro: Hiroshi Seko
Scripts: Hiroshi Seko
Estúdio: Wit Studio
Episódios assistidos: 06/12

Plastic Memories

PlasticMemories01_001

Poderia ser um pouco melhor. Caso se assista o primeiro episódio de Plastic Memories, facilmente consegue-se saber a proposta do animê e o final dele; sua apresentação inicial foi perfeita criando uma expectativa de que todo o episódio da obra poderia trazer lágrimas aos nossos olhos, mas não foi bem assim. Os episódios seguintes simplesmente explicaram um pouco mais do universo do animê, mas sem a mesma emoção, sem o mesmo impacto, sem o mesmo apego do primeiro episódio dando a impressão que só ele foi bom, mas não é verdade. O roteiro é coerente e ainda consegue esconder mistérios de algumas personagens nos instigando a ver a obra, mas infelizmente é falho por não comover todo momento ou ao menos não saber distribuir perfeitamente o drama da obra em seus episódios. Ainda assim, o final promete ser emocionante, a animação é muito atraente e a trilha sonora, apesar de não ser tão impactante, tem seu brilho e boa participação.

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Yoshiyuki Fujiwara
Composição de Roteiro: Naotaka Hayashi
Scripts: Naotaka Hayashi
Estúdio: Doga Kobo
Episódios assistidos: 06/13

Shokugeki no Souma

ShokugekinoSoma07_010

Agora entendi porque Souma é um dos carros chefes da revista Shounen Jump! Assistir o primeiro episódio é suficiente para saber o porquê, mas a cada semana o animê aparenta ficar cada vez melhor utilizando alguns clássicos clichês da demografia shounen, mas ao mesmo tempo sabendo inovar, afinal não é todo dia que você vê batalhas de comida e personagens tendo orgasmos gastronômicos (LOL). A animação está excelente, a trilha sonora faz os Shokugekis serem ainda mais emocionantes e o carisma que a obra tem no geral faz toda diferença sendo impossível não se apegar ou se divertir. Apenas não recomendaria Souma para aqueles que têm tolerância zero a fanservice, porque este faz parte da narrativa do animê, mas de resto é must-watch na certa porque a gordice jamais deve acabar o/

Avaliação: ★★★★
Diretor: Yoshitomo Yonetani
Composição de Roteiro: Shogo Yasukawa
Scripts: Shogo Yasukawa
Estúdio: J.C.Staff
Episódios assistidos: 07/24

Sidonia no Kishi: Daikyuu Wakusei Seneki

SidoniaNoKishis2-02_003

KNIGHTS KNIGHTS KNIGHTS OF SIDONIA AH AH HDJKSAHDJKSAHDKJSAHDKJSAHDKJSAHDSKAD O SUFFERING TÁ DE VOLTA MEU DEUS SE SEGURA QUE VAI DAR RUIM DE NOVO AI SOCORRO! Sidonia 2 mostrou em seus primeiros episódios que seguirá a fórmula que deu certo em sua primeira temporada com a inserção de mais personagens carismáticos, muitas reviravoltas, inúmeros conflitos e malditos cliffhangers bons que fazem todos ficarem com o coração na mão e com expectativas altíssimas para a sequência. A animação em Full3DCGI funciona bem e incomoda apenas em alguns momentos, porém nada que seja necessário pontuar para criticar e a trilha sonora não poderia ser mais perfeita. Para encerrar, posso afirmar que a Tsugumi é a best girl, não posso? Gaunas podem ser fofos sim e tenho dito!

Avaliação: ★★★★
Diretor: Hiroyuki Seshita
Composição de Roteiro: Sadayuki Murai
Scripts: Sadayuki Murai
Estúdio: POLYGON PICTURES
Episódios assistidos: 06/12

Uta no☆Prince-sama♪ Maji Love Revolutions

utaprirevo1

UtaPri Revolutions mostra-se similar a sua segunda temporada com histórias bobinhas rodeando seus personagens, mas que sempre tem total conexão com as músicas das quais esses idols tanto trabalham para cantar. Exatamente por isso que não recomendaria UtaPri para todos, visto que o vejo como um animê que tem público específico, principalmente fujoshis e quem gosta de anisong. É um anime com o chamariz de vender singles assim como Symphogear, então ver o animê pra entender mais o sentimento de cada personagem e em que situação as músicas convergem é ótimo e um prato cheio, mas exigir algo a mais da franquia seria perda de tempo. Falando sobre as músicas, o compositor da Elements Garden Noriyasu Agematsu é o principal responsável pela parte musical e está entregando um trabalho tão bom quanto as temporadas passadas, apesar de ainda sentir falta de músicas de rock para os personagens Natsuki e Kurosaki. O encerramento é uma música viciante e quem gosta de boy bands japonesas poderia facilmente ser conquistada pelos ST☆RISH e falo sério, pois é como se você tivesse vendo qualquer boy band da produtora musical Johnnys em 2D, já que UtaPri insiste em contar que idols vão além de simplesmente cantar e dançar, eles também atuam, aparecem em programas de TV, filmes, doramas e assim por diante. Sobre a animação, está ok, mas o que ainda não posso aceitar é o CG que usaram no encerramento para desenhar meus idols😦 Estou com esperança que isso mude no último episódio, mas não sei se deveria. Tokiya husbando, me salva com sua música, por favor! Vem ni mim que tá pouco, Mamo-chan❤

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Makoto Hoshino
Composição de Roteiro: Tomoko Konparu
Scripts: Tomoko Konparu
Estúdio: A-1 Pictures
Episódios assistidos: 07/13

Yahari Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru. Zoku

Oregairu.ZokuED_004

Vale a pena deixar todos os animês da temporada de Primavera 2015 de lado para maratonar a primeira temporada de Oregairu e ficar em dia com esta segunda temporada em exibição! As personagens são fantásticas, a narração dos eventos e a maneira como eles acontecem são excelentes não importando se são momentos de alegria ou de tristeza. O protagonista Hachiman Hikky mostra ao espectador que ele pode não ser o herói que gostamos, mas certamente é um herói do qual precisamos, além de nos fazer refletir sobre os relacionamentos que vemos hoje na sociedade atual. O que é certo? O que é errado? Por que você se comporta desta maneira? Realmente é tão ruim ser sozinho? Por que precisamos tanto buscar interagir com os outros? Por quê? Será que assistindo este animê descobriremos estas respostas? Falando de termos técnicos, a trilha sonora não é tão marcante, mas é impossível não elogiar Nagi Yanagi cantando mais uma bela anisong ou a dupla de seiyuus Nao Touyama e Saori Hayama confessando os sentimentos de suas personagens ao cantar o tema de encerramento do animê. A animação teve mudanças significativas comparadas à primeira temporada, mas para melhor, visto que o character design de Yuichi Tanaka é muito mais atraente. Sasuga Tanaka-san que manja de desenhar deusas, afinal desenha também o character design de To Aru Majutsu no Index, ou seja, desenha Misaka Mikoto, personagem suprema da minha vida e cof cof cof… Pra finalizar as impressões de Oregairu, apenas devo dizer que SHIPPO O THREESOME YUKINON X HIKKY X YUI E ME JULGUEM!

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Kei Oikawa
Composição de Roteiro: Shoutarou Suga
Scripts: Shoutarou Suga
Estúdio: feel.
Episódios assistidos: 07/13

Menção Honrosa – Saint Seiya: Soul of Gold

SaintSeiya-SoulofGold-01_003

A mais nova história de Saint Seiya ainda não teve seus seis primeiros episódios exibidos, visto que suas exibições são quinzenais, mas seria injusto não registrar minhas impressões sobre este animê com os verdadeiros cavaleiros do zodíaco, já que o foco desta nova série são os cavaleiros de ouro com Aioria como protagonista. Minhas primeiras impressões foram as melhores possíveis, pois apesar de um primeiro episódio simples, este foi extremamente bem dirigido apresentando todas as informações que esta animação trará, além de serem suficientes para traçar expectativas. A sequência se mostrou boa com rápida aparição de diversos cavaleiros, além de intrigas e questionamentos presentes em qualquer arco do animê. A animação está no padrão Saint Seiya, com algumas falhas nos character design em alguns momentos, mas sempre entregando a melhor qualidade nas batalhas, que cá entre nós não são necessários muitos frames para fazê-las, mas para quem cresceu assistindo na TV Manchete, Band, Cartoon Network e afins não vai se incomodar nem um pouco. A trilha sonora passa despercebida, mas a opening nostálgica ganha a todos porque não importa quantas versões tenhamos da clássica Soldier Dream, é impossível algumas delas ser ruim. Deem uma chance ao animê que até Máscara da Morte sendo moe, você encontrará.

Avaliação: ★★★★★
Diretor: Takeshi Furuta
Composição de Roteiro: Toshimitsu Takeuchi
Scripts: Toshimitsu Takeuchi
Estúdio: Toei Animation
Episódios assistidos: 03/13

DanMachi01_003

Ufa! Chega né? Entretanto, preciso fazer uma confissão: apesar de assistir muitos títulos, gostaria de ver mais. Infelizmente deixei DanMachi e PunchLine de lado por falta de tempo, e exatamente por conta disso estou chorando por não acompanhar Ninja Slayer, Re-Kan, Houkago no Pleiades, Show By Rock! e Yamada-kun nesta temporada. Quem sabe tenha tempo de maratonar ao menos três desses que citei, mas esta missão darei a vocês do qual leram este post. Que outros títulos bons posso assistir? E daqueles que assisti, você concordou com todas as impressões ditas? Faltou algo? Falei demais? Deixe seu comentário abaixo e até mais! Que venha a temporada de julho!

Fontes Utilizadas: Anime News Network e MyAnimeList.com

Texto escrito por uma certa garota científica @NanyShidou

RAILGUN-likefacebook

10 comentários sobre “Impressões de Meio de Temporada – Primavera 2015

  1. Saudações

    O meu post vai atrasar e por isso comentarei algo aqui relativo às suas opiniões, nee.

    Adianto que adorei o post. Está ótimo mesmo. Dentro do que se espera de ti, com muita dignidade.

    Abordagem…

    Estou gostando muito de FSN UBW, fato. Acho ele uma das melhores obras da temporada. Porém, o topo não lhe pertence. O mais recente episódio prova isso, com toda a conversação que poderia ter sido melhor trabalhada/resumida, fazendo com que o capítulo em si fosse melhor aproveitado. O anime vai por mais, porém não o coloco no topo (ainda).

    Eu entendo o que lhe atrai em Oregairu, mas eu não deixaria uma temporada inteira de lado para ver a sua primeira série (isso com quaisquer obra). E também, pelo que vi nos episódios iniciais, não me senti tão atraído assim. É possível que eu pegue poucos animes em julho, então talvez o assiste (igual à Barakamon em 2014, por exemplo).

    Hum…
    Acredito que 2 ou 3 estrelas fossem melhor para Owari no Seraph. Mesmo com episódios 2~5 meio aquém, o 6 foi promissor. Não faço apostas, mas sinceramente espero que não siga o exemplo de Aldnoah Zero 2nd Season.

    Concordo em partes sobre Plastic Memories, porém o anime teve sim cargas emotivas em outros episódios, nee. O impacto foi menor, mas os capítulos 3 e 5 falam por si só. Ao meu ver, a obra está entregando bem aquilo ao que se propõe.

    Stratos será drop certo para mim. O anime não conseguiu me convencer. O mesmo para Punch Line. Em seu lugar, nobre, ja estaria vendo Pleiades no lugar do primeiro citado neste parágrafo sem demora (vale muito mais).

    No que tange à Shokugeki no Souma, Arslan Senki , Nisekoi 2 e Uta no Prince 3, concordo totalmente contigo. Em especial com os dois primeiros, embora a CG de Senki não me incomode tanto assim (mas comcordo que seja falha). Não estou vendo KS, por isto não posso opinar sobre (só vejo muitas opiniões divergentes sobre a obra). Sidonia também não vejo.

    Yamada-kun é realmente muito bom! Saint Seiya para mim está unicamente mediano e disto não passará, creio eu. E o anime da Nagato é, verdadeiramente, o ame ou odeie da temporada (pelas razões que tu bem citou). Vivid não preciso aqui conotar (nossos posts falam por si, nobre).

    O melhor da temporada para mim é Ore Monogatari!!, com toda dignidade possível. Nem é por ser fã de shoujo (tanto que Ao Haru Ride, em 2014, não foi o melhor de sua temporada para mim), mas sim porque o anime faz por merecer isto. Sempre saio com um sorriso de leste à oeste ao final de um episódio e, ontem, o 7 me deixou bem assim novamente. A entrega é realmentr muito maior do que se esperava, nee. E quero mais, bem mais.

    Como pode ver, nee, existem pontos opinativos diferentes. Mas esta é a graça do mundo.

    Muito bom, nobre Nayara. Digna como sempre.

    Até mais!

    • Olá, nii. \o/

      Sobre FSN UBW, poxa, eu ainda acho justo colocar no topo porque mesmo que em um episódio tenha muitos diálogos você vê que tem um sentido ali, tudo em relação ao animê é bem pensado IMO, mas de qualquer forma, acho que ambos concordamos que é um ótimo título da atual temporada🙂

      Quanto a Oregairu, exagerei bastante pedindo pra largar a season toda e assistir o animê, mas foi mais pra chamar a atenção de quem lê e incentivar a dar uma conferida na obra porque ela tem uma história muito bem contada, além de personagens muito boas. Recomendo você assistir sim ou em julho ou em dezembro que com a graça de Deus você vai ter férias coletivas. Aeeeeeeeeee hahaaahaahaha

      Sabia que alguém ia me questionar sobre Seraph, mas assim como Gunslinger, ambas obras tiveram seu sexto episódio promissor, mas os 5 primeiros foram ruins. E ao meu ver, seria injusto colocar Seraph no mesmo patamar que Yuki-chan, porque apesar de não ser aquilo que esperava, não é um animê spin-off tão horrível que não possa ser visto ou recomendado. De qualquer forma, também espero que não seja um Aldnoah Zero 2. Para que tá feio hahahahahaha

      PlaMemo tem hora que vai bem e em outros momentos nem tanto. Vejo o animê dentro da proposta, mas ainda assim oscilando um pouco.

      Pleaides vou assistir com certeza quando tiver um tempo e talvez logo logo porque já estou em um ponto de decidir quais drops darei, além de mahou shoujo serem a salvação da humanidade e suas recomendações empre válidas😀

      Kekai Sensen me lembra muito Kill la Kill pela loucura, nii, Se você tiver curiosidade diria pra ver os 3 primeiros episódios e caso você continue, saiba que vai chorar no sexto😉

      OreMono está demais, confesso que esperava algo bom, não algo excelente e acredito que dificilmente vai decepcionar. Talvez se perca um pouco porque manter o nível por 24 episódios é complicado pra qualquer obra, mas sei não hein, acho que todos os episódios serão bons lol.

      Obrigada pelo comentário detalhado e visita, nii. Aqui você sempre é bem-vindo, moço do NETOIN (Não me xingue de miserável quando ler isso)

      Até mais o/

  2. gostei da análise fora isso, vedo seus posts eu posso dizer, dentre todos que vc não pode ver DE UM JEITO DE VER O SHOW BY ROCK é serio kkkkkk vc vai ter delírios, é muito engraçado fora que é muito fofo, ( é da bones afinal) recomendo muito que vc veja .

  3. Hello!!!!! Nay…..

    Olha só que é muita coisa pra acompanhar nessa temporada de primavera (estou acompanhando até uma porção grande, pro conta que a universidade está de greve e aí sobra um pouco de tempo, senão realmente fazeria a maratona de alguns pra quando desse… )

    * ARSLAN SENKI = Estou gostando bastante de acompanhar, até porque é um anime com um tema tão chamativo, e eu tenho quedas por animes nesse estilo, graças ao Pai do céu que aquele cenário 3D do 1° ep parecido com Vanadis não perpetuou ….ótimas canções tanto OP quanto Ending, eu tento cantar, mais já viu..sai daquele jeito (pretendo fazer um curso para aprender japonês [vou ver se ano que vem tem vaga na universidade aí eu entro]…
    E não é que Carlão pegou mesmo hahah anime do Carlão forever!!!

    *HIBIKE! EUPHONIUM = no começo eu não estava gostando muito, estava assistindo mais pra ver se conseguiu ver alguma coisa interessante que me fizesse ter vontade de acompanhar mais episódios, mais agora que teve a competição e etc, já comecei a ficar empolgada…O Taki-Sensei é ótimo, ele é duro com os alunos, mais ele só faz isso para que os alunos percebam onde estão errando e se esforcem até conseguirem o resultado….
    Pode ter certeza que esse continuarei a ver até o fim.. =D

    *KEKKAI SENSEN = ahhh Esse nem tenho o que falar muito, só sei estou gostando d+ , nossa fiquei bem triste naquele episódio do sandubá, com que os homens maus fizeram com o pobre bichinho (esqueci se era um fungo, cogumelo + acho que não era cogumelo…ah!!quer saber deixa pra lá o que é a criatura…..)….ótima composição sonora, aquela ending é um show de passos, dá até pra aprender alguns…

    * KYOUKAI NO RINNE = ahhh!!! esse é tão bonitinho, estou viciada com a múscia da OP ´Oukaranman` do Keytalk…….Com certeza Inuyasha prevalece em muitos pontos alí ….
    Quero um Rokudou de presente…não aguento ver tanta fofura naquele gatinho rsrs…

    *GUNSLINGER STRATOS = é eu gostei do 1° ep (pois teve todos aqueles pontos de suspense, mistérios, gente desaparecendo e etc..) isso me deixou muio curiosa, pois é uma forma de você ficar pensando o que vai acontecer e mil e uma coisas a se desenrolar , porém realmente me decepciona, pois dava pra ser feita uma boa história se soubesse aproveitar, e sim acho que ficaria muito boa mesmo….Porém até o character design e outros pontos deixam coisas a desejar…..Até que o 6° episódio não foi tão ruím , achei até bonzinho e até bonitinho, mais só isso….Também quero ver se o Tohru tomará alguma atitude e irá crescer, e ver o desfecho dessa história louca….rsrs..
    Mais com certeza esse anime é mais pra divulgar o jogo mesmo, e olha estava vendo um pouco de imagens e vídeos do Game e achei com o visual bem estilo Final Fantasy…tá bem bonito.
    Culpa da PV enganosa hahah ….Eu tinha esperanças nesse anime, porém… =(
    Mais vamos ver o que aconteça, espero que melhore =D

    *OWARI NO SERAPH = Outro que fiquei com bastante vontade de assistir e espera mais disso pro conta da PV e canção X.U ….o 1° ep foi muito bom…porém o anime tá muito lentinho e isso me irrita, e o Yuu é um pouco chatinho, porém gosto da língua afiada dele, o Gurem é husbando, a Shinoa é best Girl e olha que aquela tem amor próprio haha, aquelas falas dela…..
    Gostaria que o Mika aparecesse mais, acho que ele deve ser uns dos personagens mais interessantes, porém não dá pra saber muito……
    Também assim como Gunslinger, espero que melhore….

    *ORE MONOGATARI = tá muito lindo, Takeo é ídolo e fofo….Suna-Kun também…Yamato sempre se esforça pra fazer as coisas….é muito fofo…..gosto d+

    *PLASTIC MEMORIES= o 1° ep foi de tirar o fôlego de tão triste, porém não se manteve nesse nível de muito, muito sofrimento, apesar de algumas coisa continuarem tristes ( o Ian me disse se continuasse tão suffering assim ele iria morrer por desidratação rsrs)…Estou gostando de acompanhar….acho que isso é tido que tenho a dizer desse, sem muita coisa pra acrescentar….

    *SHOKUGEKI NO SOUMA= pô não tem como não se apegar a esse, é muito divertido, sempre quero ver a reação dos outros a provar a comida do Souma, acho bem legal a forma como o protagonista é confiante e ainda desafia os outros, e ainda por cima usa coisas mais simples e faz um incremento de sabores de alto padrão…..Quero ele já na Elite…rsrs e a Erina que se cuide, ainda quero ver ela provando aquela refeição dos tentáculos…rsrs

    * SAINT SEIYA : SOUL OF GOLD = sem palavras, d+ , esse me surpreendeu.. juro que não esperava tanto, tá muito legal…pena que terão poucos episódios (talvez a história fique bem corrida por isso) , e é também quinzenal…os mais ansiosos sofrem rsrs =D

    *UTA PRI = Ficou um pouquinho fraca em relação as temporadas anteriores, mais o legal é ver que os garotos estão mais unidos e tentam se ajudar de toda a forma….Gostei daquele episódio do Camus, mesmo ele sendo um folgado, o Seiyuu dele tem uma voz, e aquela canção foi de deixar qualquer um encantado, e ele também não se acha nem um pouquinho é tãao humilde hahah …
    e vou concordar contigo que aquele 3D nos movimentos dos personagens na ending não ficou bom, podiam ter deixado igual as anteriores……..
    Mais deixando isso de lá, bora dançar e cantar com os Idols!!!! espero que no final eles cantem ta aclamada Maji LOVE 1000% =D …..
    Mamo-chan vai vir com tudo pode ter certeza =D

    *Dan Machi= tá bem legal o climinha divertido, o Bell e gentil e tímido demais…as vezes a timidez dele em relação a Aiz me tira do sério,pois acho que não precisa tanto… (não vou dar spoilers)
    Só uma coisa que não aguento ver mais é um monte de Hestia por aí, sério o negócio de Hestiar virou febre..Jesus….
    Vejo que vai ser uma tremenda briga entre Dan Machi e SAO… (Vejo muitos fãs fazendo comparações e se ofendendo…isso é muito chato..mais né!! bora deixar isso de lado) + já por falar de SAO a primeira temporada é muita boa de verdade, já a Segunda é muito fraca e a história se perde, não souberam aproveitar o enredo…..

    *Nanoha Vivid: ahhh nem preciso falar o quanto tenho estima por essa franquia, gosto bastante dessa tranquilidade e fofura espelida …..Irei acompanhar eternamente…
    Só o que tenho a reclamar é que o povo que faz a tradução das legendas estão demorando muito pra upar os eps…sério o episódio 7 Até agora não saiu em Pt, (fazer o que, entendo que o trabalho não é fácil e etc…mais bem que podiam agilizar rsrsr)

    ===================================================
    Outros títulos que acompanho

    *RE-KAN! = esse é muito fofo, bonitinho demais e até bobinho e não é terror….os espíritos são muitos legais e protagonista gentil….(não irei dar spoilers)
    Mais o 1° ep foi o que mais ri nessa temporada de primavera, é d+….quando você assistir saberá o que estou falando, acho que vai gostar bastante….assim espero…. os outros episódios são divertidos também mais nada supera o 1° na questão comédia….d+

    *MIKAGURA GAKUEN KUMIKYOKU (Mikagura School Suite) = esse também é muito,muito legal , a protagonista é mais louca que o batman, sério!!!! a menina não bate bem, e super extrovertida e tem uma força de vontade inabalável ….tem outros personagens também que são bem cativantes e eu já me apeguei… está bem divertido acompanhar…recomendo

    * AME-IRO COCOA= esse também é bem bobinho, mais é legal o eps tem 1:59 min de duração….
    e a Op ”Rainy cocoa” do Hiro Shimono que dura uns 34 segundos fica na cabeça…..
    Ah !! só pra ti falar o Mamo-chan é o seiyuu do personagens Ryouta (o de cabelo vermelho)
    Os episódios também estão atrasando bastante na tradução e pt assim como o nanoha

    *GRISAIA NO RAKUEN= esse estou achando muito bom, em comparação com a primeira temporada Grisaia no Kajitsu que tava horrível e a historia tinha se perdido e com um fanservice bem desnecessário…Essa season agora realmente tá de parabéns….
    Primeiro nessa temporada de primavera foi exibido um especial de uns 47 minutos por aí se não me engano, que é sobre o passado do protagonista Yuuji chamado( Grisaia no Meikyuu ) aí depois desse que veio a 2ª season com GRISAIA NO RAKUEN que também ainda conta com o passado dele e mais as garotas da primeira temporada ……..

    É sério o passado do Yuuji é muito doloroso e é até difícil saber, como ele ainda consegue se manter de pé e com sanidade mental, ele sofreu muito, e continuará sofrendo, é muito trauma da infância, a forma como ele foi tratado e o que fizeram com ele é desumano…….

    ===========
    Os que Dropei …….

    * NAGATO YUKI-CHAN = não consegui terminar de assistir o 1°ep, achei chatinho por não ter algo que conseguisse prender minha atenção, aí acho que com uns 12 min resolvi deixar de lado…..

    *VAMPIRE HOLMES= só assisti o 1° ep apesar de ter 3 minutos, também não me prendeu…

    ===========

    Eita !!! só que listinha básica né!!!rsrsr…..
    Quanto a Oregairu estou assistindo a Primeira temporada, vou ver se consigo acompanhar a segunda já que são poucos eps acho que dá…..
    Acho que nunca irei dar conta de tanta coisa que tem pra assistir, ler e etc…..
    Tem algumas franquias aí que tu citou que pretendo ver , como Sidonia, Fate, Nisekoi …..
    Ainda tenho que assistir uns da temporada passada também rsrs….

    Até mais Nay!!!!!
    Se cuida, e Ganbatte nas provas e outras coisas por aí …..
    até +
    =D

    • Eita Bete! Tá acompanhando coisa pra caramba hein! Aí sim😄

      Quero gravações suas de Arslan Senki hein! Isso me lembra que ainda preciso treinar um pouco a opening de RINNE, mas óh treine sim as músicas do Carlão! HAHAHAHAHAHAHAHHA

      Euphonium! eu já gostei desde o princípio, mas vi muuuuuuuuuuuuita gente reclamando, então fique sussa! Mas empolgou mesmo depois do Festival, mas agora vai de vez!

      RINNE é amorzinho, sem mais. E Rokudou-kun é a coisa mais fofa do universo <3333

      O que você disse sobre Gunslinger foi a melhor definição, Bete, foi apenas propaganda pro jogo! Espero que tenha sido uma boa propaganda pelo menos, porque se nem isso for, é fracasso certo.

      Não sei se vou ver Seraph até o final, mas juro que vou tentar. Tenho fé que melhore.

      Ore Mono tá lindo mesmo e junto com Souma acredito que sejam meus favoritos analisando todos os pontos técnicos e surtos *~*

      PlaMemo é pra desidratar qualquer um mesmo como Ião disse hahahahahahaaha ansiosa pra ver o final que todo mundo vai chorar demais.

      Saint Seiya tá muito bom, surpreendeu demais. O quarto episódio foi o melhor sem dúvidas e espero que continue nessa pegada.

      UtaPri decepcionou um pouco porque parece ter se perdido totalmente, a Nanami que é a protagonista nem aparece direito como nas outras temporadas. Não que eu ache ruim só os garotos aparecerem, mas ao menos pelas músicas estão valendo. Só que acho que é válido dizer que entra pro hall das continuações desnecessárias infelizmente.

      DanMachi todo mundo comenta muito bem e falam mesmo que é melhor que SAO! Eu não posso falar muito porque não vi tanto de DanMachi, mas SAO eu gosto da s1 e do último arco da s2, porque aquele arco do Kirito usando sabre de luz enquanto Deus e a feira usam armas foi de lascar. Não fez sentido até agora.

      As legendas de Vivid estão demorando pacas mesmo e é uma pena. Triste que Nanoha perdeu espaço nos últimos anos e com uma temporada tão boa, é difícil lidar com tantos projetos. Crunchyroll também não ajuda, já que não investiu no animê pra adicionar a sua lista de títulos.

      ===================================================
      Outros títulos que acompanho

      Re-kan eu ainda vou assistir porque você recomendou! Mikagura fiquei curiosa pra ver já que você falou que a protagonista é mais louca que o Batman HAHAHAHAHAHHAHAA E vish, esse Ame-Iro Cocoa é sucesso tendo Mamo-chan, vou assistir também😄 hahahahaa

      Caramba, o Cacá-chan da Salia tinha me falado que Grisaia era uma coca perdendo o gás, aí desisti de vez de assistir o anime, mas ainda bem que se encontrou😄

      Assista Oregairu sim, Bete. Quanto ao restante, eu mega recomendo você ver Sidonia e Fate. Nisekoi é mais válido pegar o mangá pra ler🙂 E apesar de parecer loucura, primeiro veja Fate Stay/Night e depois veja a prequel Fate/Zero😄

      Obrigada pelo comentário detalhado, visita e tudo mais~ Aproveita essa folga obrigatória por motivos de greve e pode deixar que vou me esforçar nas provas.

      • Aehhh!!! Nay olha!! tentarei treinar as canções e gravar, mais só confessando acho quase impossível cantar a música do Uverworld, ainda acho mais fácil a da Eir Aoi, Mais com todas as forças do pensamente e etc…farei hahahaa…
        Valeu pelas dicas ….
        e
        até =D

        • HDSAKJHDKSAHDSKJAHDSKJAHDSKAJDAS é tensa cantar a abertura do Carlão! Eu só consigo cantar o refrão e olhe lá! Já a ED é linda, mais fácil, mas o problema dela é que alcançar o tons da Eir Aoi é muito difícil, eu desafino toda vida, mas vamos treinando, idol ELISA \o/

  4. Ótimo post, dos que estou vendo concordo com sua opinião, só que o melhor da temporada pra mim está sendo Ore Monogatari!!, mas não tiro o mérito de Kekkai Sensen, estou me divertindo horrores. Achei que só eu que estava assistindo e curtindo a segunda temporada de Sidonia no Kishi, mas vejo que não estou sozinha, hehe. Apesar da complexidade me deixar meio confusa em alguns momentos, estou sabendo aproveitar bem a experiência. Kyoukai no Rinne também está um xuxuzinho, apesar das situações serem sérias, os personagens sempre acabam deixando tudo num clima leve, descontraído (O último episódio que vi das crianças serem transformadas em gatos foi um dos melhores até agora na minha opinião). Owari no Seraph começou bem, mas tem sido mal desenvolvido, droppei. Um outro que deixei pra lá é Hibike! Euphonium, não aguentei terminei de ver nem o primeiro episódio. Achei bem chatinho.

    Dois que ainda não vi to com vontade é Arslan Senki e Plastic Memories.

    Enfim, gostei muito da postagem, conheci o blog recentemente, com certeza irei visitar mais vezes.😉

    • Olá, Gasparzinha. Tudo bom? Hhahahahahaa

      Muito obrigada pelo elogio! Ore Monogatari está excelente e entendo perfeitamente o porquê de muita gente achar o melhor da temporada e está um amorzinho mesmo❤
      Sidonia tá ótimo, tá praticamente com a mesma pegada da temporada anterior e por isso que tá bom hdskajdhskadhskadhskajdas bom saber que tem bastante gente assistindo porque o fato de ser tudo em CG afasta gente demais T_T
      RINNE é um fofo demais aaaaaaawn e esse episódio dos gatinhos é muito engraçado😄
      Os drops são válidos viu? E assista Arslan Senki, o primeiro episódio pode não ser atraente, mas a continuação compensa.

      Muito obrigada pela visita, pela leitura e pelo comentário. Até mais o/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s