Alchemist Flash Speech #01 – Shaman King: Flowers

shaman_king_flowers_chapter_005_pg002-003

A história de mais um herdeiro da família Asakura…

Olá, galerinha! Tudo bom? Hoje temos uma reinauguração no blog – como já foi explicado AQUI – que traz breves comentários a respeito da continuação do clássico shounen Shaman King, titulado Shaman King: Flowers, que nos conta a história do filho de Yoh e Anna, o jovem Hana Asakura, tendo por enquanto apenas 20 capítulos publicados.

Da parte técnica, Hiroyuki Takei merece muitos elogios, pois além de cenários simples ao fundo, todos os detalhes que envolvem a caracterização das personagens assim como os seres místicos são muito bem desenhados pelo grande mestre. Para quem leu o mangá publicado na JBC, conseguirá sentir muita nostalgia ao ver que poucas mudanças foram feitas na parte técnica parecendo que Shaman King nunca acabou de fato. A narrativa me surpreendeu bastante também, porque não sabia que raios o Hiro-sensei poderia criar visto que o torneio Shaman só acontece de 500 em 500 anos, então qual vai ser o plot deste mangá? Ele só nos mostrará o Hana lamentando que nasceu na era errada e abordar seu complexo em relação ao pai já que todo mundo compara os dois? Isso também vemos aqui, mas a resposta para essas perguntas você encontra mesmo no capítulo 15, já que no início somos jogados no mesmo ambiente do protagonista, que não sabe de nada que está se passando já que perdeu algumas de suas memórias.

Saudades do Amidamaru? Olha ele aqui <3

Saudades do Amidamaru? Olha ele aqui ❤

[PARÁGRAFO COM SPOILERS, CASO NÃO QUEIRA SABÊ-LOS, PULE PARA O PRÓXIMO!]

Achei sensacional a ideia por trás do enredo, pois se não podemos definir quem será o novo Shaman King nesta história, ao menos podemos usar o poder de alguns shamans em prol do rei, em prol de deus. A luta em que os principais personagens irão enfrentar em Shaman King: Flowers é conhecido como Flowers of Maizen, que consiste em uma batalha entre deuses decidindo qual deles realmente governará o mundo como deseja. Entretanto, uma luta entre esses seres seria complicada, então para ser um tanto quanto justo alguns humanos, que neste caso são shamans, são convocados para representá-los formando times e o time que ganhar tem a chance de pedir a seu deus um milagre. QUE LOUCURA! Pensa comigo: Se Deus te escolhesse pra fazer parte do time dEle para uma luta, e você vencesse esta batalha, que milagre você pediria? Com este feeling maluco que o time Hao vai se formando e é claro que Hana é o líder visto que é sobrinho do Shaman King, ou seja, sobrinho de um deus.

[FIM DOS SPOILERS, CHEGA MAIS!]

Alumi, a nova Anna que dá medo...

Alumi, a nova Anna que dá medo…

As principais personagens aos poucos estão sendo apresentadas, mas diria que as que apareceram até aqui são carismáticas tanto quanto os protagonistas de Shaman King. Hana é muito mais carismático que seu pai Yoh, pois puxou muito a personalidade geniosa de sua mãe Anna. O interessante é que apesar de Anna ter o pavio curto, como garota ela ainda tinha uma pose a manter, coisa que o Hana não tem que se preocupar porque é um molecão que não está nem aí para a opinião dos outros. Amidamaru reclama dele a todo momento, mas algo que chama atenção desde o começo é que ele afirma que Hana tem um potencial gigante e muito maior que do Yoh, mas por conta de sua teimosia será complicado seguir os mesmos passos do pai e se tornar mais forte. Sua relação com Alumi, a Anna III, é praticamente a mesma que Anna tinha com Yoh em Shaman King, pois se Yoh salva Anna quando ela era ainda muito pequena e depois a mesma vive para ele tentando fazê-lo mais forte até alcançar seu objetivo, acontece o mesmo com Hana e Alumi, e este amor deve ser construído da mais bela forma possível. Outros que são próximos de Hana são o primo Yohane, que é quase um Lyserg, Gakko que é o novo HoroHoro e Tao Men, filho de Ren com a Jeanee, que aos poucos devem formar um time muito parecido com o time Funbari de Yoh. Falando em Funbari, a personagem que cuida de Hana e das termas Funbari é aquela que mais mudou de um mangá para o outro! Quem diria que a tímida e fofa Tamao poderia se transformar em alguém tão rígida, cruel e medonha? Ela botando o Hana na linha é algo incrível, sempre rende muitas risadas! QUERO LOGO O ANIMÊ DESTE MANGÁ PORQUE IMAGINA NANA MIZUKI DUBLANDO ESSA NOVA TAMAO! SOCORRO, DEUS HAO! ME SALVA!

CORRE, HANA! NÃO SE BRINCA COM A TAMAO JAMAIS!

CORRE, HANA! NÃO SE BRINCA COM A TAMAO JAMAIS!

Concluindo, para quem já leu Shaman King não pode deixar de acompanhar o Flowers, pois a nostalgia falará bem alto e você se divertirá igualmente aconteceu lá atrás, mas agora com um agitado Hana em vez do calmo Yoh. Para quem não leu ainda e aprecia um bom shounen, você está perdendo muito, pois Shaman King além de um ótimo battle shounen também traz bastante comédia e muitos temas para refletir, principalmente sobre tudo que envolve a alma, como ela pode ser salva e também destruída. além também de como deixá-la mais forte. Através de lutas? Solidão? Amigos? Amor? Leia e descubra, pois com Shaman King aprendi que se você tem um sonho no seu coração a sua vida tem uma razão…

RAILGUN-likefacebook

Anúncios

2 comentários sobre “Alchemist Flash Speech #01 – Shaman King: Flowers

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s