Crunchyroll Brasil: Herói ou Vilão?

Fonte da Imagem: Portal Genkidama

Chega ao Brasil o famoso streaming de animes e doramas Crunchyroll, mas como otakus e fansubs brasileiros vão enxergá-lo?

Ontem, 1 de novembro, o Crunchyroll brasileiro foi oficialmente lançado apesar de já estar no ar há algum tempo. O sistema gringo que já deu certo em vários países chega ao Brasil com vantagens similares, para aqueles que resolveram assinar o streaming pagarão R$ 9,99 por mês podendo ver animes com qualidade Full HD e 24 horas depois da transmissão no Japão. Até agora os pagamentos são através de cartão de crédito e o Paypal, mas daqui a pouco o boleto bancário deve aparecer nos planos da empresa que provavelmente está fechando negócio com algum banco para por esse meio de pagamento em prática. Mais informações dos planos é só clicar aqui, porque minha intenção não é fazer propaganda e sim registrar minha opinião neste post também querendo saber da opinião de vocês, otakus, para discutirmos SAUDAVELMENTE, por favor.

Eu achei a vinda do Crunchyroll para o Brasil excelente tendo como base que se existe uma empresa aqui disposta a monopolizar um serviço restrito para animes, quer dizer que esse mercado vem crescendo constantemente aqui em nosso país, sendo algo positivo para nós. Outra prova do crescimento é que o Brasil está participando do lançamento mundial do volume 13 de Evangelion, algo nunca antes visto e difícil de acontecer como o próprio Cassius Medauar explicou ontem na transmissão da Henshin Direto pelo youtube. Minha visão é que esse sistema foi implantado para testes e ver quantos otakus vão aderir, e quem sabe se o número for grande empresas como a PlayArte, entre outras, possam se interessar em lançar DVDs desses animes, afinal é legal você ter seu próprio DVD com downloads feitos da internet de um fansub que gosta, mas se você é fã mesmo de um determinado anime tenho certeza que não pensaria duas vezes em comprar um DVD licenciado lançado aqui. Eu compraria.

Claro que isso são apenas suposições futuras, mas vendo por esse lado, caso o Crunchyroll tenha sucesso, o mercado de animes e mangás pode ter um espaço ainda maior por aqui e nós, fãs, choraríamos de alegria. Ter algo licenciado de uma empresa brasileira nesse ramo seria uma vitória histórica para nós, já pensaram irmos a uma livraria como a Saraiva e encontrar a mesma quantidade de DVDs de seriados e animes? Isso vai demorar, não vou negar, mas quem sabe…

Entretanto, a vinda do Crunchyroll não foi vista apenas com bons olhos e eu também fico preocupada com isso. Os fansubs e scanlators vão continuar? Por enquanto sim, mas o que temos medo é deles acabarem extinguindo-se e o Crunchyroll ser a única fonte brasileira para podermos ver animes e isso NÃO PODE ACONTECER! Temos que ter o livre arbítrio de escolher onde e como queremos ver animes, eu particularmente não curto muito ver online por n motivos e outras pessoas também não, então acho legal sim os fansubs continuarem existindo por conta disso, de nos oferecer uma opção a mais para ver animes como foi até hoje, sem contar que o Crunchyroll não vai ter em seu acervo todos os animes existentes para assim agradar todos os otakus, não é? A minha preocupação é o sucesso ser tão grande que os caras podem querer brigar de frente e acabar com esse compartilhamento de fã para fã, que eu não acho muito bom.

Hoje, a maioria dos animes que assisto são através de fansubs americanos, lá existe o Crunchyroll também, mas nem por isso os fansubs deixaram de existir e espero que o mesmo ocorra aqui no Brasil. Que o Crunchyroll venha para tornar-se apenas mais uma opção para vermos animes, e uma opção ótima porque está dentro da lei, mas não para proibir a informação que queremos escolher e ver, isso NÃO!

A única coisa que eu não engulo são alguns otakus reclamando de barriga cheia, têm alguns com bons argumentos mostrando resistência ao Crunchyroll, mas têm outros que não e isso me irrita. PORRA, não reclame de um serviço de 10 reais se seu papai e mamãe têm cartão platinum e podem comprar até bluray de animes na Amazon para você a cada vez que você respira, isso sim irrita e o pior é que ficam usando falso moralismo que é um absurdo ser pago, tenha dó né? Se quiser reclamar de um serviço pago ao menos tenha um argumento decente como a não restrição do compartilhamento de dados, mas reclamar do preço esbanjando dinheiro é demais!

Para finalizar, ainda estou na dúvida se assino o Crunchyroll ou não.
1 – Até onde vi esses 10 reais pagos faz parte de uma promoção limitada, então depois vão aumentar o valor para quanto? Será que será algo absurdo? Espero que não, e como ainda não li contrato e termos de cancelamento também não posso afirmar para vocês que não tem muita burocracia caso alguém fique insatisfeito;
2 – O acervo ainda é bastante reduzido apesar de vários títulos me chamarem atenção, mas acredito que isso cresça até hospedar animes tão bons quantos os que tem na versão americana, mas não sei não;
3 – Uma questão mais pessoal é que estou bastante acostumada a ver animes com legendas em Inglês exatamente para treinar e melhorar no idioma.

Mas acredito que talvez assine por ter o sentimento que esse streaming será bom para o mercado de animes aqui no Brasil e porque o preço é algo que não fará muita diferença no meu orçamento, pense bem: É mais barato pagar o Crunchyroll do que comprar um mangá tankobon de uma editora brasileira.

Tudo é novidade para nós, mas acho legal darmos uma chance a esse serviço diferenciado. O Crunchyroll é um herói e até uma possível mudança no mercado de animes visando crescimento, mas que é bom ficar com o pé atrás, isso é. De qualquer forma, não dá pra negar que isso é um marco na história dos animes aqui no Brasil, agora se é herói ou vilão só o tempo irá dizer.

Anúncios

12 comentários sobre “Crunchyroll Brasil: Herói ou Vilão?

  1. Putz, também estou em dúvida se assino ou não crunchyroll. Eu assinaria só pra apoiar, mas como eu vivo da mesada que ganho dos meus irmãos (tô no primeiro ano do colegial), tenho uma grana bem limitada pra “viver livremente” durante o mês.
    Outra questão é que também vejo todos os animes em inglês e puramente pra treinar minha familiaridade com o idioma. Então me encontro num dilema.
    E nem sabia que esse 10 conto de conta premium era temporária….
    Bem, só espero que a CR vingue aqui no Brasil e o mercado Brasileiro possa ser incendiado por essa ideia.

    • @gabirru No meio da notícia “A Crunchyroll chega ao Brasil” no site oficial deles tem a seguinte frase “Por um tempo limitado, estaremos oferecendo o serviço premium por R$9,99.” Aí a minha dúvida, limitado até quando? E depois quanto será o preço? Apesar de eu achar que não será muito caro! 😄

      E como você, também rezo para que o mercado brasileiro de animes cresça, tomara! E claro que dentro das nossas condições vamos ajudar, isso aí! o/

  2. Excelente post Nany!Finalmente tenho a chance de ler algo sensato.Concordo com tudo
    Existem várias coisas que me incomodam com o Crunchyroll.A primeira delas é se eles resolverem bater de frente com os fansubs forçando-os a deletar seus arquivos causando a extinção dos mesmos.Isso poderia causar um monopólio do serviço,já que sem os fansubs,este seria o único meio de termos acessos aos animes na rede.aí com certeza viriam os preços absurdos,queda na qualidade dos serviços da mesma forma que as empresas de internet e telefonia praticam no Brasil.
    Outra coisa ruim é não termos a opção de baixar os arquivos em nossos HDs e depender somente do streamming.Nem todos possuem um PC bom ou uma internet boa pra rodar isso,sem falar que se a internet cair (que acontece em muitos serviços frequentemente) ou se por um acaso reduzirema velocidade sem motivo ( as empresas são protegidas por lei e podem abusar desse recurso) ficamos a ver navios.Eu sou colecionador,e adoro ter animes em meu HD ou DVD pra assistir quando e como quiser dispensando a internet.

    O que eu queria mesmo era ver um mercado de Home Vídeo decente,com qualidade,trasparência,respeitando o público,trazendo toda a série até o final,e principalmente,sem aquela história de encher um DVD inteiro com míseros 2 episódios de um anime e enfiando um monte de extras sem importância,apenas pra ter mais pra comprarmos.imagine colecionar uma série imensa como One piece através desse sistema?Quantos DVds teríamos de comprar?Poderiam sim adotar o sistema dos DVDs alternativos que oferecem 13 episódios por DVD com qualidade excelente.Aí sim eu compraria com gosto.

    Espero que o Crunchyroll não seja mais uma armadilhas de empresas gananciosas se aproveitando do público e quero ter ainda os Fansubs disponíveis até mesmo pra gente ter liberdade de ver e conhecer um anime antes de saber se vale a pena um investimento em algo oficial.

    E mais uma vez parabéns pelo post,foi o único que gostei e que tratou do assunto de forma honesta que eu li a respeito

    • Obrigada pelos elogios, Franco! Eu também li algumas coisas bizarras que ou forçavam a barra pra assinar ou esculachavam o serviço sem bons argumentos, aí me senti obrigada em escrever algo a respeito!

      Tudo o que você falou é verdade, se ao menos tivéssemos a opção de poder fazer downloads licenciados como acontece no iTunes, com certeza o serviço poderia atrair mais pessoas sem dúvidas. E o mercado de DVDs precisa crescer muito pelas falhas existentes como você mesmo citou ^^

      Mas vamos torcer pro mercado nacional de animes cresça com isso e sem restrições de nossos direitos e liberdades. E claro que dentro das nossas condições vamos ajudar 😄

    • Eu acho que deve ter um jeito de baixar esses streamings, afinal de contas a HorribleSubs e diversos outros subs gringos utilizam os scripts da CR, portanto acredito que deva haver um modo e nós não temos o conhecimento apenas.

  3. Eu ainda não sei se vou assinar, mas estou pensando seriamente nisso… apesar que tem coisas que me deixa frustrada com o crunchyroll por exemplo tem poucos animes que eu assisto e também não gosto de ver online, prefiro baixar e normalmente baixo com legendas em inglês (convenhamos a qualidade é bem melhor).
    E apesar de querer que o mercado de anime e mangás tenha mais espaço aqui, talvez eu não assine. Mesmo porque eu acho que seria idiotice de minha parte já que não costumo a ver muitos animes, prefiro muito mais os mangás.
    Por fim, acho que tudo depende da satisfação de quem assinar, então kouhai se você assinar e achar que é bom e vale a pena, me avise 😉

  4. Gostaria que você refletisse neste seu comentário “(…)Temos que ter o livre arbítrio de escolher onde e como queremos ver animes(…)”.

    Os primeiros fansubs, seja os de vhs ou digitais, existiram por um ideal, que infelizmente foi deturpado ao longo do tempo.

    O surgimento da versão brasileira do Crunchyroll deve ser vista sim com bons olhos por todos os fãs da animação japonesa. E mais importante, é que estes mesmos fãs aponte os defeitos para que possam ser corrigidos, pois um serviço de qualidade tem que ser entregue, não importa qual seja.

    • Olá, Ricardo!
      Assim como você, também vejo o Crunchyroll com bons olhos e acho que nós, que gostamos de animes, vamos ganhar MUITO com isso! Entretanto, eu acho que é importante ter essa liberdade de escolha entre fansubs ou não, em tudo sempre há um outro caminho a se escolher. É o mesmo caso de você preferir ir ao cinema ou baixar um filme na internet, sempre dá pra escolher a segunda opção, mas qual você prefere? Cada um tem suas escolhas e não acho legal criticar exageradamente as pessoas por isso, porque críticas existiram sim, só não podem ser exageradas. 😄

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s