Comentários: Bleach #510

E o velho vai visitar a Hebe…

O começo do capítulo foi um tanto confuso, com um traço um tanto diferente fazendo-me perguntar várias vezes se estava lendo o mangá certo, mas de fato era (LOL). Uma explicação sobre dois subordinados de Juhabach: Loyd e Royd, sendo o primeiro capaz de copiar habilidades, força e aparência das pessoas, enquanto que seu irmão mais novo é capaz de copiar memórias, sentimentos e a aparência também.

FUUUUU! Yama-jii usou todo seu poder em um falso Juhabach, por isso era estranho ver um Juhabach tão recuado capítulos anteriores, estava tudo muito fácil! E pra piorar, o falso Juhabach é Royd Llyod, ou seja, aquele que copia apenas memórias, sentimentos e a aparência. Yama-jii usou todo seu poder para matar uma formiga, basicamente isso, que desperdício.

Após essa revelação chocante para o Yama-jii, Juhabach ainda revela o seu verdadeiro objetivo de estar na Soul Society: Convencer o Aizen a se juntar aos quincies. Houve uma primeira recusa, por motivos óbvios, por que o Aizen se juntaria a seres inferiores a ele? JAMAIS! Entretanto, o líder dos quincies se mostra bastante confiante em convencer o ex-taichou. Entretanto, acho difícil ele se juntar ao Juhabach, e o próprio Kubo disse que ele apareceria apenas através de flashbacks, será que ele mudou de ideia ou só mostrará a conversa anterior entre os dois?

Para piorar TUDO, Juhabach destrói o primeiro bantai, rouba a bankai do Yama-jii e dá-lhe um golpe final para sacramentar o seu plano inteligentíssimo.

Achei o capítulo fraco, viu? Esperava mais dessa batalha.

1 – Para mim, teria sido perfeito se o Kubo tivesse realmente criado uma batalha intensa entre guerreiros que não se encontravam há mais de mil anos. Uma luta que comprometesse o físico e mental de ambos buscando também estratégias de batalha visando à vitória, e poderia sim ter até a entrada dos gêmeos fazendo ter 3 Juhabachs contra o Yama-jii, mas que fizesse uma batalha mais intensa e não um defesa X ataque como foi. Entretanto, foi maravilhoso ver aquela apelação do Yama-jii;

2 – Com esse capítulo ficou claro que nenhum adversário pode com o Yama-jii se formos falar de força bruta, a estratégia usada pelo Juhabach mostrou isso claramente. Entretanto, acredito que a abordagem poderia ter sido um pouco mais diferente já que isso foi MUITO similar ao que o Aizen fez na falsa Karakura. Ele simplesmente usou o poder do Yama-jii contra ele fazendo com que a falsa Karakura não fosse destruída, e aqui o Juhabach faz mo carnaval de aproveitando do desgaste do Yama-jii para depois desferir o golpe final. Me passa a impressão que o Yama-jii só tem força bruta e não tem capacidade para prever um plano inimigo, e ele tem, ele é inteligente senão não seria o comandante, ter força bruta não é tudo. Inventaram a fórmula mágica “como derrotar o soutaichou”,  é isso? Entretanto,  não dá pra negar que o plano foi bem pensado.

3 – O único medo que tenho é saber que no final é capaz do Ichigo salvar todo mundo, mas não é forçado demais ele salvar o Yama-jii do Juhabach? Ele nem matou o Aizen, quem ajudou o psicopata a ser aprisionado foi o Urahara, sem ele o Aizen ainda estaria desfilando por aí e com a chave do Rei em mãos.

Enfim, vamos ver como será a abordagem do Kubo daqui pra frente! Pode ser que essa revolta dos leitores seja intencional para revelar algo maior mais adiante, ou não. Resta-nos aguardar, afinal em Bleach, tudo tem uma razão para um determinado acontecimento, tudo está conectado e as coisas ficarão mais claras nessa saga final.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s